quarta-feira, 18 de abril de 2012

Novos momentos na vida.

As vezes, pensamos que estamos felizes, satisfeitos e convictos de que o futuro virá como esperamos. Será?



Trabalho na área de informática há muitos anos. Inicialmente como operador de computador e depois virei um implantador. Na sequência, virei analista de suporte, gerente de suporte, programador junior e por aí vai.

Lutei por um caminho árduo, gigante e doloroso até conseguir virar gerente de TI. Sem falsas palavras, me garanto no que eu faço e quando faço, é para ser o melhor.

Corri, sofri, lutei, chorei, amargurei, perdi, ganhei, engoli seco e falei amargamente. As porradas da vida me fizeram aprender e muito, a ser o profissional que eu sou. Não estou aqui para falar detalhadamente sobre o que acho do meu eu, mas sim, para por um ponto de idéia no ar.

Faço tudo o que faço pelo fato de amar, sentir-me bem e por consequência, pelo dinheiro (ninguém vive de vento). Batalhei muito nesta área para me sentir um excelente profissional. Porém, sempre parece que algo falta. Será?

Hoje, eu estou estabilizado financeiramente. Tenho duas fontes de renda fixas e uma aleatória. Não ganho tudo o que queria, mas ganho o suficiente para o meu sustento sem dores de cabeça.

Porém, o desgaste diário, as lutas intermináveis com os problemas rotineiros e o estresse da própria área me fizeram tomar uma decisão difícil, mas pesada. A decisão de fazer o que eu mais gosto.

Pera aí!!! Eu não havia falado que gosto muito de TI? Sim, é verdade - mas todo mundo sempre gosta muito de outras coisas. E eu quando gosto, resolvo fazer isto até o fim.

Vou lutar por esta novidade, de forma ferrenha e árdua, como lutei pela área de TI. Claro, não abandonarei esta área que amo - apenas farei mais uma coisa e terei uma nova fonte de renda com isto.

Então - Só o que ME desejo é boa sorte. O que me aconselho é ter a mesma seriedade de todos os anos.

Parabéns, Flávio. Você é um cara realmente batalhador.


Um comentário:

  1. Eu admirava você mesmo antes de ser a sua mulher.
    Eu tenho você como exemplo. E apesar de ainda caminhar com pausas... Eu levanto quando vou ao chão, sacudo a poeira e super dou a volta por cima... Um dia eu chego no mesmo nível que você, minha mamãe, o tio João Carlos Aguiar de Mattos... pessoas que eu admiro muito!
    Parabéns, amor. Parabéns, Flavio Giovanni! Esse seu novo caminho vai marcar a sua vida de um jeito maior, com significado de vida, sonho, e novos ares...
    Eu te amo, e sempre vou torcer pelo seu melhor, por seu bem-estar, por você!
    Que Deus ilumine cada dia mais o seu caminho, meu amor. Eu te mo!

    ResponderExcluir